Os Aluguéis em SF

San Francisco é uma cidade famosa. Cantada em prosa e verso, querida pelos americanos. Bonita, cheia de ladeiras, com um ícone inconfundível – a Ponte Golden Gate. Com um trauma de terremotos e ameaçada permanentemente por eles. Sede de movimentos pelas liberdades civis, notadamente o movimento gay. Sede também de grandes inovações tecnológicas e do boom da Internet.

Mas há uma fama que não conhecíamos: é o local de aluguéis mais caros dos Estados Unidos. Mais caros MESMO. Em média, segundo os americanos, 170% mias caros que média do País. Isso nos fez procurar morar em cidades bem próximas de lá , e não lá mesmo.

Por que? Ora, por alguns dos motivos acima: lá não houve  crise forte, uma vez que a indústria de software não para de crescer. Que os maiores executivos e empregados de empresas como Apple, Twitter, Facebook, Google, Hp e outras moram lá.

 Aqui transcrevo o que diz o blog Pando Daily (www.pandodaily.com) : SF é um ímã para jovens do mundo todo. Vêm para lançar negócios (start-ups) e trabalhar em companhias das mais respeitadas e promissoras . Por isso a economia da cidade está bombando em diversos setores.

“Once again, San Francisco has become a magnet for the smartest, most creative young people in the world. They’re flocking to the city to launch start-ups and to work at the world’s most respected firms. Thanks to these workers and the companies and VCs that will support them, San Francisco’s economy — like that of the rest of the Bay Area — has been on a tear. Job growth is up, the real estate market is bustling, and lots of new businesses are starting up. The success is not limited to the tech industry — according to a new study, non-tech positions, including those in retail and construction, now make up three-quarters of the city’s new jobs.”

 

E por que a cidade mesmo tem 7 X 7 milhas. Uma área pequena. As construções são reforçadas por causa dos terremotos (isso encarece, dizem). Há um forte código urbano de edificações, há um bom sistema de transporte público. Sei lá. Há muitas razões. Só sei que a soma delas leva a esses preços. E empurra quem quer morar lá com a família para longe. Para cidades vizinhas. Ainda bem que o transporte é bom. E que, pela organização  americana, facilita o cálculo  do commuting (ida e volta).

Alguns comentários dizem que SF é uma cidade grande e importante que teima em ser pequena. Quer manter seu zoneamento, suas casas históricas, tem trauma de terremotos e por isso impede ou restringe ao máximo, com toda a burocracia possível, novas construções e construções altas. Alguns dizem lá que terremotos não deveriam ser impeditivo, pois se Tóquio pode ter arranha-céus, por que SF não? A solução, dizem muitos, é construir arranha céus mesmo.

Na minha opinião, se não o fizerem, os aluguéis é que vão “arranhar” mais ainda os céus. E a cidade vai se descaracterizar, com a expulsão dos alternativos e artistas para outras paragens. Sobrarão apenas os “Techies” e nerds. E a cidade da diversidade ficará um saco.

Sobre morar lá, gostei de um blog de um americano que se mudou para SF. A respeito dessa cruel característica da cidade ele é taxativo: Rent is INSANE (os aluguéis são INSANOS!). Vejamos o que ele diz:

Rent is insane.

“The first thing you’ll notice when you get here is the sticker shock on rent. This is the most expensive city to live in now and only Manhattan is in the race with them. A studio is now over $2,000 a month in most parts of the city and even with roommates you’ll end up paying $1,000-$1,500 a month for a place pretty much anywhere in town. I just looked up the building I moved into April 1, 2012 and as of January, 2013 the rent is up $700 a month for a 2 bedroom apartment”

 

“Pouco dinheiro pra poder pagar
Todas as contas e despesas do lar”

Marvin –Titãs